Projeto Festa dos Triângulos

Curriculum

A aprendizagem da matemática e das formas é muito importante para as crianças. Na visão de Lorenzato (1995), é essencial a presença da geometria em nossas escolas, pois essa parte da matemática auxilia as pessoas a solucionarem problemas do cotidiano que, muitas vezes, são geometrizados, além de contribuir para que as pessoas possam solucionar problemas envolvendo outras áreas do conhecimento. “A Geometria desempenha um papel integrador entre as diversas partes da Matemática, além de ser um campo fértil para o exercício de aprender a fazer e aprender a pensar” (Fainguelernt, 1999, p.49-50).

Devido à importância deste conteúdo, deve-se haver dedicação por parte do professor para tornar a aprendizagem real e atrativa. O projeto “Festa dos Triângulos” tem o objetivo de tornar esse aprendizado divertido para os alunos. Para isso segue algumas etapas:

  1. Para iniciar o projeto, o professor deve enviar um comunicado aos pais solicitando que a família participe desse momento de aprendizagem. Os alunos devem receber o convite, também em formato triangular preparado pela professora, para tornar o momento especial e marcante. A parceria com a família é essencial para que haja sucesso no projeto e na aprendizagem de modo geral.
  2. Os pais, devem, em conjunto com seus filhos, preparar um prato usando alimentos que tenham a forma triangular, ou ao final do preparo, ter um triângulo no cardápio. Após o preparo, devem juntos, classificar a figura geométrica quanto aos lados: isósceles, escaleno e equilátero, e quanto aos ângulos: acutângulo, obtusângulo e retângulo, e fazer uma ficha de classificação com a justificativa.
  3. O prato deverá ser levado para a escola, para a Festa do Triângulo. O cenário da sala deve ser preparado para uma festa, contendo objetos em formato triangular, como pratos, copos, etc. A mesa deve ser preparada para que cada aluno coloque seu prato triangular e sua ficha de classificação fique escondida embaixo de cada prato.
  4. Ao iniciar aula, o professor deve convidar os alunos para observarem cada prato que está disposto sobre a mesa, enquanto as fichas estão escondidas com as possíveis classificações. Após observarem, o professor escolhe aleatoriamente alunos para classificarem os alimentos. A dinâmica da aula, fica a critério do professor. Ao finalizar o quiz para os alunos, o momento deve ser direcionado para a recreação e alimentação.

Que outras formas podemos usar para tornar o estudo de geometria mais divertido e didático?

Referências

LORENZATO, S. Por que não ensinar geometria? Educação Matemática em Revista – SBEM, n.1, 3-13, 1995.

FAINGUELERNT, E. K. Educação Matemática: representação e construção em geometria. Porto Alegre: Artes Médicas. 1999.

Author

Miriã atua como professora do 5º ano no Colégio Adventista de Juiz de Fora, Brasil, há três anos. É graduada em Pedagogia pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo (2016). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Gestão, atuando nos seguintes temas: escolas, gestão educacional, inovação, formação e administração e organização. É autora de livros e artigos na área de Educação e Gestão Escolar.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *