Desfio do professor cristão

Se apenas falarmos que devemos seguir o exemplo de Cristo, mas não praticarmos realmente o princípio, não vamos experimentar o poder transformador. Veja 10 maneiras de colocar em prática o magistério cristão.

South American

Muitos são os desafios do professor em sala de aula. Podemos gastar páginas inteiras apenas com as citações, situações e dificuldades. Sabemos bem a realidade de nossas salas de aula, das dificuldades acadêmicas, falta de interesse e indisciplina.

Mas qual deve ser nosso olhar sobre a perspectiva cristã da disciplina? Seguir o exemplo de Cristo é a resposta na ponta da língua. Mas, vamos materializar nossa fala. Como na prática podemos realmente agir?

Imagine uma turma extremamente agitada, com um ou mais alunos desafiadores – com ou sem Transtorno Opositivo-Desafiador – alunos desinteressados e desestimulados. Se apenas falarmos que devemos seguir o exemplo de Cristo, mas não praticarmos realmente o princípio, não vamos experimentar o poder transformador. Não será uma fórmula mágica se apenas ficar na esfera da teoria.

Veja 10 maneiras de colocar em prática o magistério cristão:

  1. Ore por seus alunos. Intensifique a oração intercessora. Peça ao Espírito Santo que indique por quem orar e pelo o que orar.
  2. Naquele momento crítico na sala de aula onde parece que vai perder o controle da sua racionalidade e que tudo o que mais quer é concretizar seus pensamentos acerca de um ou mais alunos, vire-se de costas e lembre-se de Neemias diante do rei, clame ao Senhor em segundos e entregue a situação ao Poderoso.
  3. Ao sair da sala reflita em suas ações e como pode melhorar.
  4. Elogie mais seus alunos. Todos temos qualidades inclusive os alunos difíceis.
  5. Ore pelas famílias dos seus alunos. Quando conhecemos as dificuldades que as famílias enfrentam compreendemos melhor o comportamento dos alunos em sala de aula.
  6. Tenha empatia. Coloque-se no lugar do seu aluno.
  7. Planeje aulas interessantes.
  8. Saia da rotina quando possível. Leve algo diferente, um objeto, um palestrante, um jogo… isso certamente marcará.
  9. Seja generoso com os que apresentam algum tipo de necessidade especial. É preciso sair da zona de conforto nesses casos.
  10. Viva o cristianismo dentro e fora do ambiente escolar. Ao lado de Cristo as barreiras são transponíveis.

Author

Atua como professora no Colégio Adventista de Juiz de Fora, Brasil, há 21 anos. Atualmente é professora do 1⁰ ano do Ensino Fundamental. Graduada em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), pós-graduada em História do Brasil, em Gestão Educacional, em Psicopedagogia, em Gestão, Coordenação e Orientação Escolar, em Neuropsicopedagogia onde atende crianças, em consultório e estudante de Psicologia.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *